29.1.10

ENTENDENDO OS HOMENS



Recentemente, num encontro de colegas de longa data, por alguma razão bizarra eu fui requisitada para dar conselhos amorosos. Minhas amigas, ávidas para entender o comportamento masculino, pareciam ignorar o fato de que eu, depois de quase uma década afastada das análises empíricas, era a pessoa menos indicada para tratar daquele assunto.


Durante a conversa, como eu esperava, minha ignorância ficou evidente. Tive a impressão de que nem com a experiência da Adriane Galisteu eu conseguiria decifrar os dilemas das questões que me foram apresentadas. Eu me senti tão por fora, mas tão por fora, que o chopp com as amigas mais parecia uma aula de política internacional.


Depois de constatar que eu já não sabia mais absolutamente nada sobre os homens, comecei a dedicar meu precioso tempo ao estudo das relações interpessoais - em detrimento, é claro, das internacionais – até que consegui encontrar uma maneira muito simples de entender os padrões comportamentais do sexo oposto, elaborando a chamada Classificação Arquetípica das Espécies Varonis.


Com ela, queridas leitoras, fica muito mais fácil saber o que esperar dos homens. Pode ter certeza, inclusive, de que numa das oito macro espécies a seguir se enquadra aquele cara que pediu seu telefone. Por isso, antes de marcar o horário do cinema, não deixe de dar uma olhadinha na lista abaixo!
Ocorreu um erro neste gadget